10 de set de 2013

O VEGANO PATRIK BABOUMIAN QUEBRA RECORDE MUNDIAL AO CARREGAR 550 KILOS POR 10 METROS


Momentos depois de ter carregado 550 kilos por 10 metros e quebrado o recorde mundial, o detentor do título “O homem mais forte da Alemanha”, Patrik Baboumian, soltou um rugido que estremeceu o palco no Vegetarian Food Festival de Toronto :"Vegan Power!"( 'Força Vegana!' em português),

"O objetivo é inspirar as pessoas e quebrar os estereótipos que caras durões precisam de comer muita carne", disse Baboumian.

Baboumian, 34 anos, um amante dos animais de longa data, tornou-se vegetariano em 2006.
"Um dia, eu pensei, se você ver um pássaro com uma perna quebrada, você realmente tem o desejo de fazer algo em relação a isso e ajudar o pássaro. Então, ao mesmo tempo, você vai a um restaurante e come um frango ou algo assim. Isso não faz nenhum sentido.", disse Baboumian, vestindo uma camiseta que dizia: "I am a vegan badass " ( "Eu sou um vegano durão" em tradução livre) e costeletas no estilo de Wolverine de Hugh Jackman do filme X-Men.

Em 2011, pouco depois de ser nomeado o homem mais forte da Alemanha, ele se tornou vegano.
"Eu percebi que se é realmente a compaixão que move você, talvez não seja suficiente apenas para parar de comer animais, mas você deveria boicotar a indústria que explora animais por inteiro. Então, na verdade, você deve dar um passo adiante e tornar-se vegano. "

Baboumian começou com a musculação ainda jovem na Alemanha, depois de imigrar para o país europeu do Irã aos 7 anos. Ele atribui o seu desejo de ser forte à insegurança que ele experimentou como um menino, nascido durante a Revolução Iraniana e que cresceu durante a Guerra entre o Irã e o Iraque.
"Quando o bombardeio está acontecendo, você vê um monte de gente gritando em torno de você e você não pode fazer nada se você é pequeno", disse ele. "Você só quer sair dessa e ser forte."

O evento contou com a participação de outros veganos durões notáveis, incluindo o ultra-maratonista Rich Roll.


Assista :





Fonte:  Metro News


Nenhum comentário:

Postar um comentário